Sem categoria

Paraguai vai testar o uso de tornozeleiras eletrônicas

O sistema penitenciário paraguaio abriga atualmente 15.350 presos. Agora, o Ministério da Justiça anunciou que vai testar o uso das tornozeleiras eletrônicas em réus com direito a prisão domiciliar ou liberdade ambulatorial.

Até o final deste mês serão iniciados os testes com 15 presos que serão monitorados por 45 dias. A experiência será avaliada por dois juízes designados pela Corte Suprema.

As pulseiras e o monitoramento serão “emprestados” pela empresa brasileira Spacecom. Uma outra empresa, da Inglaterra, também estava interessada em fornecer o material para os testes, mas não houve acordo.

Leia mais: https://www.hoy.com.py/nacionales/como-funcionan-las-tobilleras-electronicas-plan-piloto-arrancara-en-dias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *