Sem categoria

Curiosidades sobre a Ilha do Mel

(Foto: Arquivo pessoal)

Um dos lugares mais encantadores do litoral paranaense. É assim que conhecemos a Ilha do Mel. Belas paisagens, trilhas, monumentos históricos, vegetação nativa, sem barulho de carros (lá é tudo a pé!) e muitas praias.

Mas Ilha do Mel também tem muitas curiosidades. O blog visiteailha.com.br selecionou quatro delas:

A Ilha tem o mesmo tamanho de Fernando de Noronha

É isso mesmo! A Ilha do Mel tem 25km², enquanto o arquipélago em Pernambuco tem 26km². Já em relação ao número de habitantes, a diferença é grande. São 3 mil em Fernando de Noronha e cerca de 1,5 mil no Paraná.

90% da ilha é “área de preservação”

A Ilha é considerada Patrimônio Artístico e Histórico do Paraná, Estação Ecológica, Reserva da Biosfera e Patrimônio da Humanidade. Dessa forma, o local possui um status especial entre os destinos do ecoturismo.

De onde surgiu o termo “Ilha do Mel”?

Várias versões explicam a origem do nome. De acordo com uma delas, antes da Segunda Guerra Mundial, o local era conhecido como a Ilha do Almirante Mehl, que se dedicou à apicultura.

Em outra versão, uma família de origem alemã habitava a região, onde havia um engenho para a produção de farinha de mandioca. Em alemão, farinha é “Mehl”, o que teria sido a motivação para o nome da ilha.

A terceira hipótese tem relação com a presença de mercúrio na água doce da ilha. Em contato com a água salgada, gera a coloração amarela, semelhante a favos de mel.

E tem quem ainda conte que o nome tem a ver com marinheiros que viveram no local e se dedicavam à apicultura.

O número de visitantes é limitado

Para chegar até a Ilha, é preciso ir até o terminal de embarque e fazer a travessia de barco. O controle no número de visitantes é feito por meio de um cadastro no terminal de embarque de Pontal do Paraná ou no terminal de embarque de Paranaguá. A lotação máxima da ilha é de 5 mil pessoas por dia, mas isso ocorre geralmente nas festas de fim de ano e no carnaval.

(Foto: Arquivo pessoal)

Se você quiser saber mais, tem duas alternativas: embarcar em uma viagem incrível para a Ilha do Mel, rumo a Encantadas (que é mais tranquila) ou Brasília (mais agitada), ou continuar lendo sobre este paraíso no seguinte endereço: https://visiteailha.com.br/blog/04-coisas-que-nunca-te-contaram-sobre-a-ilha-do-mel?fbclid=IwAR27tR6Z36j5y49rrdZ9WHlQ7vj6iWtUhTXtE9jN_M8Up_Eikx9bPmwoOn0

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *