Sem categoria

Brasileiro acusado de lavagem de dinheiro e de outros crimes é expulso do Paraguai

(Imagem: Polícia Nacional)

Um empresário brasileiro que foi preso em março do ano passado, em Assunção, no Paraguai, está sendo extraditado do Paraguai para o Brasil no fim da tarde desta sexta-feira (24). Ele será entregue às autoridades brasileiras, pela Ponte da Amizade, em Foz do Iguaçu.

Ano passado, Boscatto foi detido quando chegava ao aeroporto Silvio Pettirossi. A prisão contou com o apoio da Interpol.

De acordo com as autoridades paraguaias, Boscatto era procurado pela Justiça brasileira por fazer parte de uma rede de contrabando de cigarros e lavagem de dinheiro.

Ele também foi denunciado por ter oferecido US$ 600 mil ao Ministro do Interior do Paraguai, para não ser expulso para o Brasil.

De acordo com o jornal abc.com.py, Luiz Enrique Boscatto, foi condenado a 36 anos de prisão no Brasil e estaria vinculado ao esquema de lavagem de dinheiro de Dario Messer, conhecido como o “doleiro dos doleiros”.

Pelo twitter, o presidente do Paraguai, Mario Abdo Benítez, informou que ordenou a expulsão do cidadão, solicitada pelo Brasil, por tráfico de drogas e associação ao crime. “Em meu governo, 206 criminosos já foram expulsos do território Paraguaio”, afirmou o presidente paraguaio.

(Imagem: Mario Abdo Benítez – no Twitter)

Leia mais: https://www.abc.com.py/nacionales/2020/01/24/expulsan-del-pais-a-luiz-enrique-boscatto-vinculado-la-red-de-lavado-de-dinero-de-dario-messer/

https://www.saltodelguairaaldia.com/narcotrafico/ultimo_momento-camino-al-brasil-extraditaran-a-luiz-henrique-boscatto/29697

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *