Sem categoria

Kobe Bryant denunciou o racismo no esporte

Uma das lendas da NBA morreu neste domingo (26), aos 41 anos, em um acidente de helicóptero.

Há alguns dias, uma das lendas do basquete, Kobe Bryant, que morreu neste domingo, se referiu ao racismo no esporte e disse que era necessário mais educação para enfrentar o problema.

O jogador, que morreu os 41 anos, foi cinco vezes campeão da NBA, o principal campeonato de basquete do mundo. Filho de um jogador de basquete, Kobe viveu na Itália até os 13 anos.

Apaixonado por futebol, Kobe também foi testemunha de racismo antes de retornar para os Estados Unidos, onde fez uma grande carreira, por 20 anos, jogando basquete no Los Angeles Lakers.

“O racismo é algo que faz parte da nossa cultura”, disse Bryant em uma entrevista a CNN, na qual também afirmou que “mesmo com avanços há muito o que fazer e creio que o mais importante é a educação. Meus pais me ensinaram e me educaram para que eu possa lidar com isso”, afirmou.

Leia a matéria completa: https://cnnespanol.cnn.com/2020/01/26/kobe-bryant-denuncio-el-racismo-en-el-futbol/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *