Sem categoria

Fralda ecológica: vale a pena testar?

(Imagem: arquivo pessoal)

A família da jornalista Patrícia Weisheimer acredita que sim.

Aos 37 anos e com duas filhas, uma de 19 e outra de 13, Patrícia disse que a nova gravidez chegou de surpresa.

Desde o começo da gestação de Samuel, ela e o marido vêm pesquisando sobre as novidades na área da pediatria e ambos se interessaram pelas fraldas ecológicas.

Antes de “bater o martelo”, o casal pesou prós e contras e decidiu descartar as “fraldas descartáveis”, por três motivos:

Saúde: Patrícia contou que a filha mais nova sofreu muito com alergias, quando era bebê. “Nós tínhamos de trocar de marca a cada nova compra de fraldas. De acordo com as informações que levantamos, a incidência de assaduras nos bebês não é alta com as fraldas ecológicas e isso nos animou”, afirmou.

Economia: Considerando que a mesma fralda pode ser usada até os dois anos de idade, Patrícia calculou que o bebê vai precisar de 20 fraldas. “No Brasil, elas chegam a custar R$ 60,00, mas compramos pela internet, a R$ 25,00 reais”, disse. Uma economia e tanto perto dos mais de R$ 3.000,00 que a família gastaria caso optasse pelas descartáveis.

O enxoval está quase pronto. (Imagem: arquivo pessoal)

Meio ambiente: “Nem tenho o que falar sobre os benefícios para o meio ambiente. Além disso, para lavar as fraldas, pretendo usar um pouco de sabão e vinagre e só”, explicou.

 “Ah, mas você vai lavar fraldas”? De acordo com Patrícia, a resposta à pergunta das amigas é respondida sempre da mesma maneira: “Não. Quem vai lavar é a máquina”. 

Aos sete meses de gravidez o casal continua comprando fraldas e outros produtos para o Samuel que, logo, logo, vai estar na área.

A família da Patrícia, esperando a chegada do Samuel (Imagem: arquivo pessoal)

Se você também está pensando em utilizar fraldas ecológicas no seu bebê, mas está com dúvidas, é legal procurar o seu médico obstetra ou ainda um pediatra.

Cris Loose

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *