Sem categoria

Caminhoneiros reclamam da demora para cruzar o lago, em Santa Helena

Caminhoneiros reclamam da demora para cruzar a fronteira, em Santa Helena. (Foto: Correio do Lago)

Apenas uma, das três embarcações que fazem a travessia, está operando.

Uma grande fila de caminhões que aguardavam para cruzar a fronteira e seguir viagem para Paraguai se formou nesta sexta-feira (14) no Porto Internacional de Santa Helena. De acordo com a administração do Porto, apenas uma embarcação estava fazendo a travessia do Lago de Itaipu.

Normalmente, a travessia é feita por três embarcações, mas uma delas foi levada para Guaíra, para manutenção. As outras duas foram apreendidas pela Marinha Brasileira, nesta semana, por apresentarem irregularidades.   

Nesta semana duas embarcações foram apreendidas pela Marinha (Foto: Correio do Lago)

A travessia chegou a ser interrompida, mas a empresa responsável pelo transporte regularizou a documentação de uma das embarcações que já voltou a operar. Mesmo assim, os caminhoneiros reclamam da demora. “Só tem uma balsa operando nas travessias. A empresa somente regularizou uma e essa voltou a operar, mas é insuficiente, tem muito caminhão que precisa fazer a travessia entre Brasil e Paraguai”, disse um caminhoneiro.

A travessia do lago é feita em balsas. (Foto: Correio do Lago)

Queremos finalizar nossas entregas e ir para casa. Estou farto de aguardar do lado do Paraguai para fazer a travessia. É época de safra e o fluxo de caminhões vai aumentar e muito nos próximos dias. Algo precisa ser feito”, afirmou outro caminhoneiro, que está no lado Paraguaio.

Leia mais: http://correiodolago.com.br/noticia/balsas-sao-apreendidas-pela-marinha-no-porto-internacional-de-santa-helena-caminhoneiros-ficam-sem-travessia/107886/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *