Sem categoria

Ambulatório de próteses faciais reconstrutivas atende pelo SUS

(Foto: Divulgação/SESA)

O Hospital de Reabilitação, unidade que integra o Complexo Hospitalar do Trabalhador (CHT), em Curitiba, iniciou o serviço de diagnóstico, produção e manutenção de próteses faciais em janeiro de 2020. O novo serviço oferece atendimento para pacientes que possuem algum tipo de anomalia craniofacial ou mutilações que necessitem de próteses de face. É o primeiro serviço qualificado no país que oferta pelo SUS as peças para a população.

De acordo com o diretor-superintendente do CHT, Geci Labres de Souza Júnior, com o Ambulatório de Próteses Faciais Reconstrutivas pretende-se reabilitar a última etapa do tratamento dos pacientes com lesões na face.

“Fazemos cirurgias de prótese de joelho, de quadril, para que a pessoa volte a andar. É a reabilitação. Quando alguém que teve uma neoplasia (câncer) de face ou nasceu com malformação ou ainda teve alguma parte do rosto ou crânio extraído é protetizado, isso também é reabilitação, porque com a prótese poderá sair de casa e seguir a vida”.

NOVO SERVIÇO – O Ambulatório conta inicialmente com duas cirurgiãs-dentistas, Roberta Targa Stramandinoli Zanicotti e Paola Corso. Elas trabalham em parceria para criar a melhor solução aos pacientes.

ACESSO – O acesso ao Ambulatório de Próteses Faciais Reconstrutivas é feito a partir do encaminhamento pela unidade básica de saúde, unidades de pronto atendimento e serviços dos SUS. O encaminhamento pode ser feito pelo telefone: (41) 3281-2600.

TREINAMENTO – Além do novo serviço ambulatorial, a equipe vai atuar também com treinamentos para novos profissionais por meio de estágios, cursos e acompanhamento.

HISTÓRICO DO HOSPITAL – O Hospital atende pacientes com doenças neuromusculares, lesões encefálicas adquiridas, lesões medulares, malformações congênitas, mielomeningocele, sequelas físicas causadas pela hanseníase, paralisia cerebral, amputações de membros, Síndrome Pós-Poliomielite, Parkinson e também pacientes com sequelas para reabilitação com próteses na face e pescoço.

CHT – O Complexo Hospitalar do Trabalhador incorporou o Centro Hospitalar de Reabilitação, o Centro de Atendimento Integral ao Fissurado Labiopalatal e, nos próximos meses, o Centro de Referência Kennedy. Com as unidades em funcionamento, a proposta é que seja referência de atendimento no Brasil, ampliando assim a sua capacidade de oferta da alta complexidade para toda população.

Leia mais: http://www.aen.pr.gov.br/modules/noticias/article.php?storyid=105801&tit=Ambulatorio-de-proteses-faciaisreconstrutivas-atende-pelo-SUS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *