Sem categoria

MP orienta promotores a investigarem causa de baixa cobertura de vacinação contra sarampo

O Ministério Público de Mato Grosso (MPMT) tem orientado os promotores de Justiça que atuam nos municípios do interior do Estado, que registram baixa cobertura da vacina contra o sarampo, para que instaurem inquérito civil para apurar as causas da ineficiência dos serviços. A fiscalização do Plano Nacional de Imunização está inserida nas prioridades de atuação estabelecidas no Planejamento Estratégico do MPMT.

O coordenador do Centro de Apoio Operacional (CAO) da Cidadania, promotor de Justiça Alexandre de Matos Guedes, ressalta que a orientação repassada aos promotores de Justiça é para que seja instaurado inquérito específico, já que o sarampo é uma doença altamente contagiosa e potencialmente letal, especialmente às crianças.

Entre os 20 municípios com os piores índices de atendimento, o percentual varia de 33,74 a 71,08%, quando a cobertura mínima adequada é de 95%.

Leia mais: https://olharjuridico.com.br/noticias/exibir.asp?id=42583&noticia=mp-orienta-promotores-a-investigarem-causa-de-baixa-cobertura-de-vacinacao

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *