Sem categoria

Esmalte “verde” é alternativa para tratamento de micose em unhas

(Foto: Pixabay)

Pesquisa realizada dentro do Programa de Mestrado em Ciências Farmacêuticas, do Centro de Ciências da Saúde (CCS) da UEL, desenvolveu uma fórmula inédita de esmalte à base de nanopartículas de prata e óleos essenciais naturais indicada para o tratamento de dermatoses ou infecções (micoses) em unhas.

A descoberta representa uma inovação aos medicamentos convencionais utilizados para o tratamento destas infecções que acometem sobretudo as unhas dos pés, por ser uma alternativa mais barata, menos tóxica e sustentável.

Essas micoses são frequentes e afetam um quinto da população.

Segundo o professor Luciano Panagio, do Departamento de Microbiologia, que atua como colaborador no projeto de pesquisa do esmalte antimicótico verde, a proposta é que o medicamento desenvolvido seja patenteado pela UEL, o que viabilizaria colocá-lo no mercado a preços baixos, podendo até ser utilizado nas Unidades Básicas de Saúde (UBS).

Entre os fatores considerados favoráveis para o desenvolvimento dos fungos estão maus hábitos de higiene, excesso de calor e umidade e desnutrição.

Patente – Os pesquisadores estão em fase final de redação para realizar o depósito de patente em nome da UEL.

Leia mais: http://www.uel.br/com/agenciaueldenoticias/index.php?arq=ARQ_not&id=29990

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *