Sem categoria

Itaipu denuncia invasão de reserva e extração ilegal de árvores no Paraguai

Refúgio Biológico Bela Vista, em Foz do Iguaçu. (Foto: Itaipu Binacional)

De acordo com a denúncia feita pela Itaipu Binacional, para a Polícia Nacional e o Ministério Público, uma área de reserva, localizada em Porto Índio, em Alto Paraná, no Paraguai, foi invadida por cerca de 30 pessoas e pelo menos 14 árvores de espécies nativas foram cortadas. Alguns dos invasores já montaram barracas e se negaram a sair do local.

Guarda parques da Itaipu no Paraguai estão monitorando a área e a Binacional adiantou que irá solicitar a retirada dos invasores. A denúncia foi registrada em Porto Índio, na fronteira com o Brasil.

A Itaipu mantém oito reservas e refúgios biológicos localizados no Brasil e no Paraguai. A área protegida dessas áreas de conservação, que inclui mata nativa e trechos de reflorestamento, soma 41.039 hectares.

Nesses locais, a Itaipu realiza pesquisas e auxilia nas ações de fiscalização e proteção ambiental, visando a preservação de espécies animais e da flora, ameaçadas pela ação predatória do homem.

Leia mais: https://www.ultimahora.com/denuncian-invasion-reserva-y-tala-ilegal-arboles-alto-parana-n2871611.html

Saiba mais sobre as reservas e os refúgios da Itaipu no Brasil e no Paraguai: https://www.itaipu.gov.br/meioambiente/reservas-e-refugios

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *