Sem categoria

Senad e Polícia Federal trabalham em conjunto para destruir plantações de maconha

(Foto: Senad)

Só no primeiro dia da operação foram destruídos 31 hectares de plantações ilegais.

A Senad do Paraguai e a Polícia Federal brasileira eliminaram cerca de 93 toneladas de maconha em uma operação conjunta realizada em áreas protegidas da Reserva Natural Morombí, no Paraguai. O objetivo é combater o cultivo ilegal da droga.

Na 22a etapa da Operação Aliança, as forças policiais usaram helicópteros para fiscalizar a região que fica entre Caaguazú e Canindeyú. Os policiais destruíram 31 hectares de plantação, que poderiam produzir até 93 toneladas da droga.

(Foto: Senad)

Também foram encontrados e destruídos 4 acampamentos usados para armazenar a produção.

Só no primeiro dia da operação o prejuízo para o narcotráfico foi calculado em US$ 2,5 milhões. A Operação continua por pelo menos mais 8 dias.

Leia mais: http://www.senad.gov.py/noticia/14175-nueva-alianza-xxii-inicio-acciones-en-la-reserva-natural-morombi.html#.Xlpv1R9KjIU

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *