Sem categoria

Ronaldinho seguirá no Paraguai para responder à justiça

(Foto: Ministério Público do Paraguai)

O jogador de futebol Ronaldo de Assis Moreira, o Ronaldinho Gaúcho, vai continuar no Paraguai até que as investigações sobre o uso de documentos públicos com conteúdo falsificado sejam concluídas.

O advogado de Ronaldinho, Adolfo Marín, afirmou que o ex-jogador brasileiro só retornará para o Brasil quando a investigação, sobre o uso de documentos com informações falsificadas, for concluída.

Ronaldinho teria dito ao Ministério Público paraguaio que quem repassou os passaportes para ele seria Wilmondes Sousa Lira, de 45 años. Ele teria entrado em contato com o irmão do ex-jogador, e teria convidado Ronaldinho para participar do lançamento de um livro e também para colaborar com uma fundação paraguaia que oferece assistência médica à crianças em situação de pobreza.

De acordo com o advogado, tanto Ronaldinho quanto o irmão dele possuem documentos vigentes e sem restrições e não iriam aceitar os documentos irregulares, já que não precisam disso.

Ele explicou também que quando Ronaldinho chegou ao Paraguai, diante de uma grande quantidade de pessoas, acabou entregando o documento, que tinha recebido há cerca de 30 dias, para o funcionário do setor de Migrações. E esclareceu que o ex-jogador mostrou ao Ministério Público o passaporte brasileiro e a cédula de identidade.

De acordo com o advogado, nem Ronaldinho nem o irmão dele foram acusados de nada até agora.

Oficialmente, três pessoas já foram detidas: Wilmondes Sousa Lira, de 45 años, que estava na suíte do hotel quando a polícia chegou e teria convidado Ronaldinho, María Isabel Gayoso, de 38 anos e Esperanza Apolonia Caballero, que seriam pessoas a quem pertenceriam os dois passaportes adulterados, encontrados com Ronaldinho e com o irmão dele, Roberto.

Há pouco, o Diretor de Migração do Paraguai, Alexis Penayo, pediu demissão do cargo. Ele teria sido criticado porque os servidores não impediram a entrada dos brasileiros, ainda no Aeroporto Internacional Silvio Pettirossi.

Leia mais: https://www.ultimahora.com/ronaldinho-seguira-el-pais-someterse-la-justicia-dice-su-abogado-n2873375.html

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *