Sem categoria

Caso Ronaldinho: Ministério Público confirma pedido de prisão preventiva

(Foto: Twitter)

Além de Ronaldinho e do irmão dele, o promotor Osmar Legal, da Unidade Especializada de Delitos Econômicos, que acusou Ronaldo de Assis Moreira e o irmão dele, Roberto de Assis Moreira, por crime de uso de documento com conteúdo falso e solicitou para ambos, a medida cautelar de prisão preventiva, também se apresentou à Justiça Penal de Garantias neste sábado (7).

Após a audiência, o promotor disse aos meios de comunicação, que a defesa contestou a medida e agora caberá à juíza tomar uma decisão. “Pedimos a prisão preventiva porque há risco de fuga do país”, afirmou.

O promotor também disse que os advogados de Ronaldinho pediram a prisão domiciliar.

Sobre os irmãos, ele disse que Ronaldinho deverá esperar a decisão da juíza. Também disse que a defesa informou que Roberto tem um problema de saúde, mas que não teria apresentado nenhum documento que comprovasse isso.

“Quando pedimos a prisão já solicitamos que eles ficassem no Agrupamento Especializado por questões de segurança, mas agora, depende da Juíza”, informou.

Leia mais: https://www.lanacion.com.py/pais/2020/03/07/caso-ronaldino-fiscal-ratifico-pedido-de-prision-preventiva-para-dinho/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *