Sem categoria

Falsificação de agrotóxicos: Gaeco cumpre mandados em MT

O Grupo de Atuação Especial Contra o Crime Organizado (Gaeco) de Mato Grosso cumpriu nesta quinta-feira (05), dois mandados de prisão e um de busca e apreensão em Várzea Grande e Cuiabá, respectivamente, em apoio à operação Princípio Ativo do Gaeco e Corregedoria da Polícia Civil do Estado de São Paulo.

O objetivo da operação é desmantelar ao menos três organizações criminosas responsáveis pela falsificação de agrotóxicos, bem como pela prática de crimes de lavagem de capitais, delitos de corrupção ativa e passiva e, ainda, falsidade ideológica em documentos público e particular.

No total, foram expedidos 160 mandados de busca e 35 mandados de prisão preventiva. As diligências foram executadas nas cidades no Estado de São Paulo, em Minas Gerais, Goiás e Mato Grosso, com o emprego de aproximadamente 600 Policiais Militares, bem como de dezenas de Promotores de Justiça e servidores do Ministério Público.

Somente em 2018 e em relação a apenas duas empresas utilizadas pelo grupo, foram emitidas 808 notas fiscais falsas, cujos valores totais ultrapassam 110 milhões de reais, sendo que, ao longo dos anos, as organizações criminosas constituíram e utilizaram ao menos 51 pessoas jurídicas.

Leia mais: https://mpmt.mp.br/conteudo/58/82695/mandados-expedidos-em-operacao-do-gaecosp-sao-cumpridos-em-mt

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *