Sem categoria

Tribunal não aceita novo recurso e Ronaldinho e o irmão continuam presos

(Foto: Ministério Público)

O Tribunal de Apelação formado por três juízes do Paraguai ratificou a prisão preventiva de Ronaldinho Gaúcho e do irmão dele, Roberto. Os dois continuam presos no Agrupamento Especializado da Polícia Nacional.

O juiz Pedro Mayor Martinez alegou que “se trata de um delito e o risco de fuga é alto”.

O magistrado afirmou que “o mérito da resolução se encontra dentro dos requisitos regulatórios necessários para restringir a liberdade dos irmãos, vinculados aos atos puníveis do uso de documentos com conteúdo falso”.

Ele também disse que é surpreendente que em alguns pontos a defesa tenha interpretado a decisão como ofensa, alegando “suspeita de xenofobia pela magistratura de primeira instância”.

Leia mais: https://www.lanacion.com.py/judiciales/2020/03/13/ratifican-prision-de-ronaldinho-y-su-hermano

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *