Sem categoria

Hotéis são preparados para alojar profissionais da saúde

(Foto: AEN)

O Governo do Estado viabilizou uma rede de proteção aos profissionais de saúde diretamente ligados ao controle e tratamento do coronavírus no Paraná. Hotéis de diferentes municípios, de maneira voluntária, serão transformados em alojamentos a partir da próxima semana. A intenção é evitar a propagação da doença.

Dois hotéis em Curitiba, dois no Litoral (Guaratuba e Pontal do Paraná) e um Medianeira, na Região Oeste, já disponibilizaram seus espaços, totalizando 250 quartos. Durante o período, esses locais serão dedicados exclusivamente para o isolamento dos profissionais da saúde, deixando de receber hóspedes comuns. A duração do acordo depende do acerto individual com cada uma das empresas. A ideia é viabilizar parcerias similares em todo o Paraná.

PREPARAÇÃO – Um desses hotéis, na região Central da Capital, ficará disponível a partir de segunda-feira (23) e passará a receber médicos, enfermeiros e técnicos em enfermagem, entre outras categorias, na quarta-feira (25), após uma ação de limpeza e esterilização por parte da Defesa Civil. O acordo vale, inicialmente, por 30 dias.

O trabalho de higienização dos 76 leitos disponíveis começou neste sábado (21). “Esses profissionais da área da saúde precisam de um espaço seguro para descansar, para seguir colaborando com o atendimento à população”, explicou o coordenador da Defesa Civil do Estado, tenente-coronel Fernando Schunig.

“Em algum momento eles não vão conseguir retornar para suas residências justamente para não aumentar o perigo. Então esses hotéis servirão como alojamento. É o Estado se preocupando com esses profissionais, uma questão de segurança pública”, acrescentou o coordenador.

PARANÁ TURISMO – O contato e o acordo com os hotéis estão sendo feitos pela Paraná Turismo, entidade vinculada à Secretaria do Desenvolvimento Sustentável e do Turismo. Presidente da entidade, João Jacob Mehl disse que a disponibilidade de quartos vai aumentar de acordo com a necessidade, podendo haver um revezamento de espaços.

O trabalho, de acordo com ele, é para viabilizar alojamentos no maior número de cidades possível. “Mostra a união do povo paranaense, que quer sair o quanto antes dessa pandemia. Estamos atentos para que a ideia ganhe o maior volume possível de leitos”, disse.

Leia mais: http://www.aen.pr.gov.br/modules/noticias/article.php?storyid=106251&tit=Hoteis-sao-preparados-para-alojar-profissionais-da-saude

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.