Sem categoria

Paraguai permite a repatriação de 150 cidadãos isolados em Foz do Iguaçu

(Foto: Rádio Cultura Foz/Gentileza)

O governo do Paraguai autorizou o reingresso de 150 cidadãos que estão em Foz do Iguaçu, desde a ultima quarta-feira quando foram impedidos de entrar no país vizinho.

Após serem repatriados neste sábado (28), os paraguaios serão obrigados a cumprir uma quarentena de 15 dias em um centro de repouso de Cidade do Leste, onde serão acompanhados por equipes de saúde. O grupo teve a entrada negada pela migração por terem vindo de São Paulo, a cidade com mais casos do novo coronavírus no Brasil.

Federico González, assessor de assuntos internacionais da Presidência do Paraguai, informou que antes de ingressarem ao país eles serão submetidos a exames médicos na aduana.

O grupo está hospedado em um hotel de Foz do Iguaçu com os custos pagos pelo consulado paraguaio e assistidos pela Vigilância Epidemiológica do Município. Nenhum dos 150 estrangeiros apresentou até o momento sintomas do covid-19.

González informou ainda, que cerca de 500 paraguaios em diferentes países esperam uma decisão de repatriação por parte do governo. Segundo o assessor, o país conta com 2 mil camas para albergar paraguaios que devem retornar nas próximas semanas.

Neste momento, um grupo da Associação de Médicos de Alto Paraná está na aduana. Eles pedem que após a entrada do grupo de paraguaios, ninguém mais passe pela ponte. Solicitam que o governo mantenha a Ponte Internacional fechada até o dia 12 de abril e que, depois disso, todos que entrarem no país cumpram o isolamento.

(Foto: Gentileza)

Com informações da https://www.radioculturafoz.com.br/2020/03/27/paraguai-permite-a-repatriacao-de-150-cidadaos-isolados-em-foz-do-iguacu/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *