Sem categoria

Itaipu: Suspensão de visitas e “home office” permanecem após Semana Santa

(Foto: Caio Coronel/Itaipu Binacional)

A decisão ocorreu após mais uma reavaliação do cenário da pandemia da covid-19 no Brasil e no mundo e também respeitando o decreto municipal de Foz do Iguaçu, cidade-sede da usina.

A diretoria da Itaipu, margem brasileira, decidiu prorrogar por tempo indefinido a suspensão das visitas turísticas à usina e estender o home office aos empregados que não precisam presencialmente cumprir suas rotinas de trabalho na empresa.

A decisão ocorreu após mais uma reavaliação do avanço da pandemia da covid-19 no mundo e no Brasil e também em consonância ao decreto municipal de Foz do Iguaçu, cidade-sede da usina.

Em Foz do Iguaçu a reabertura completa do comércio está sendo feita de forma escalonada, com base no mapeamento epidemiológico da doença. As fronteiras com o Paraguai e Argentina permanecem fechadas.

O retorno físico dos empregados ao trabalho será feito de forma gradativa, respeitando a natureza da função de cada um e também a necessidade de cada diretoria.

Os empregados que possuem comorbidade, que tenham mais de 60 anos ou que integrem grupos de risco continuarão em casa até nova orientação da área de Medicina do Trabalho.

“Vamos continuar acompanhando todos os cenários para que a volta à normalidade seja feita de forma gradativa e serena”, diz o diretor-geral brasileiro da Itaipu, general Joaquim Silva e Luna. Hoje, 80% dos empregados estão fazendo teletrabalho e o restante, que precisa estar presencialmente, cuida da operação e manutenção da produção, segurança e tratamento de animais mantidos no refúgio biológico da Itaipu.

Com informações da Itaipu Binacional

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *