Sem categoria

Grupo com 60 paraguaios está retido na Ponte da Amizade, que está fechada

A Armada Paraguaia está entregando comida e água para os paraguaios retidos. (Foto: Armada Paraguaia)

A PRF e a PR informaram que 97 pessoas esperam na região da aduana, a autorização do governo paraguaio para entrarem no país vizinho.

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) e a Polícia Federal (PF) informam nesta sexta-feira (10) que, segundo dados oficiais da Armada do Paraguai, há 97 paraguaios na região aduaneira paraguaia.

Destes, 37 estão em albergues temporários instalados na estrutura predial da aduana do Paraguai. Outros 60 estão na Ponte Internacional da Amizade (PIA) próximos ao portão que foi instalado do lado paraguaio para evitar a entrada de pedestres.

Por questões humanitárias a Armada do Paraguai disponibilizou 4 banheiros químicos, além de dar alimentos e água aos paraguaios que estão barrados na ponte.

A entrada de pedestres está proibida no país vizinho. (Foto: Armada Paraguaia)

A recomendação é que os paraguaios, que estejam no Brasil, não se dirijam à Ponte Internacional da Amizade (PIA) para evitar aglomerações, uma vez que o ingresso no Paraguai está proibido, conforme decreto presidencial da República Paraguaia.

Com informações da PRF e da PF

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *