Sem categoria

Câmara de Comércio pede a reabertura da fronteira paraguaia

“A Câmara de Comércio e Serviços de Cidade do Leste, diante da grave crise socioeconômica gerada pela quarentena prolongada e suas medidas restritivas de mão-de-obra, solicita uma intervenção, a fim de iniciar a flexibilização gradual da quarentena em toda a zona comercial de cidade do Leste e a reabertura de nossa fronteira com o Brasil ”. A nota dos empresários, publicada neste domingo no La Nación, foi enviada ao presidente Mario Abdo Benítez.

A Câmara teme que a continuidade da quarentena provoque o fechamento de um número significativo de empresas e a perda de mais de 50.000 empregos locais. Também considera as implicações que isso representaria para a estabilidade social do país.

A proposta da Câmara de Comércio é abrir a fronteira no dia 2 de maio. Para os empresários paraguaios, a reabertura da fronteira evitará “a iminente catástrofe financeira e o potencial caos social que pode ser gerado como resultado da desesperada situação econômica em Cidade do Leste e em outros países”.

Eles também sugerem, entre outras medidas para diminuir eventuais contágios, que os controles sanitários sejam feitos na entrada das instalações comerciais e nas rodovias, fora do perímetro urbano de Cidade do Leste.

Leia mais: https://www.lanacion.com.py/negocios_edicion_impresa/2020/04/19/la-camara-de-comercio-pide-apertura-de-frontera/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *