Sem categoria

Carros metralhados no duplo homicídio são incendiados em Matinhos, litoral do Estado

(Foto: Gentileza)

Os dois automóveis que foram metralhados em uma ação criminosa que chocou Matinhos na semana passada foram incendiados três dias depois no pátio da Delegacia da Polícia Civil da cidade litorânea.

Na noite de segunda-feira (13), Charlene Andressa Kus Maciejewski, de 35 anos, Davi Luiz Salustiano Lopes, de 30 anos, e uma criança foram baleados, dentro do carro deles no trecho urbano da PR-412, no balneário Gaivotas.

A mulher morreu na hora e o homem morreu durante o atendimento. A criança sofreu um ferimento de bala na perna, foi atendida e passa bem. De acordo com o que a polícia apurou, casal era de Curitiba e morava há pouco tempo no balneário.

Dois homens que estavam em outro carro e seguiam na frente do carro do casal também foram alvos do atentado, mas conseguiram escapar. Apenas um deles foi localizado e prestou depoimento à Polícia Civil.

Os automóveis foram recolhidos pela polícia. Na noite seguinte foi encontrado, em um outro balneário de Matinhos, um veículo incendiado. A polícia suspeita que tenha sido usado pelos atiradores.

Por volta da meia-noite de quinta-feira (16), moradores da região da delegacia de Matinhos relataram que ouviram tiros e logo depois, explosões. De acordo com o Correio do Litoral , a polícia acredita que alguém provocou as explosões para supostamente destruir provas ou sinais que pudessem ser encontrados nos veículos apreendidos. O fogo se alastrou rapidamente e atingiu outros veículos que estavam no pátio da delegacia. No total, 4 carros foram destruídos.

Com informações do https://www.correiodolitoral.com/27307/carros-metralhados-no-duplo-homicidio-sao-incendiados-na-delegacia/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *