Sem categoria

Peru suspende cerimônia inca em homenagem ao “Deus Sol”

Um dos locais onde a Festa do Sol é realizada anualmente. (Foto: Arquivo Pessoal)

A cerimônia inca em homenagem ao “Deus Sol” ou “Inti Raymi”, que é comemorada todo dia 24 de junho na cidade peruana de Cusco, foi suspensa neste sábado devido à pandemia de coronavírus.

“A encenação tradicional do Inti Raymi, conhecida como Festa do Sol, não ocorrerá este ano como medida preventiva”, anunciou a Companhia Municipal de Celebrações de Cusco, antiga capital do império Inca, no sudeste do Peru, que organiza a festa que atrai anualmente centenas de turistas de todo o mundo.

Cerca de 3.500 pessoas pagam até US $ 150 para assistir ao show das arquibancadas, mas a festa reúne cerca de 80.000 pessoas que se amontoam em colinas adjacentes.

De acordo com os incas, 24 de junho é o dia em que o Sol, depois de se afastar, supera a escuridão e volta para Pachamama (ou Mãe Terra em quíchua). É o solstício de inverno no hemisfério sul e, para os antigos incas, marcava a Festa do Sol ou “Inti Raymi”.

O festival, que remonta ao império inca que floresceu nos séculos XV e XVI, foi reintroduzido no calendário em 1944. Desde então a realização do Inti Raymi nunca deixou de ser comemorada. Esta será a primeira vez que não será realizada após 76 anos.

No Peru, uma quarentena nacional está em vigor há um mês, com toque de recolher noturno e fechamento de fronteiras devido à pandemia. A medida, que vai até 26 de abril, pode ser prolongada pelo governo. Até o momento, no Peru, existem quase 13.500 casos de Covid-19 e 300 mortes, de acordo com o balanço oficial.

Com informações da AFP.

Leia mais: https://www.lanacion.com.py/ahora/2020/04/18/suspenden-en-peru-ancestral-ceremonia-inca-en-honor-al-sol/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *