Sem categoria

Argentina suspende participação no Mercosul por divergências

O presidente argentino Alberto Fernández desaprova as negociações de livre comércio com o Líbano, a Coréia do Sul e o Canadá.

O presidente da Argentina, Alberto Fernández, suspenderá a participação do país no Mercado Comum do Sul (Mercosul). Aparentemente, o presidente discorda do Paraguai, Brasil e Uruguai em continuar o livre comércio com o Líbano, a Coréia do Sul e o Canadá, durante a crise devido à pandemia do Covid-19.

De acordo com o portal argentino Infobae, Fernández e seu ministro das Relações Exteriores, Felipe Solá, monitoram a situação geopolítica do bloco há várias semanas. As autoridades argentinas consideram uma competição direta com a economia nacional continuar com a ideia de livre comércio com os países mencionados.

Solá afirmou que os coordenadores nacionais do Mercosul discutiram o assunto por meio de uma videoconferência. Representantes do Ministério de Relações Exteriores da Argentina insistiram que não era oportuno continuar com as negociações, mas os argumentos não foram suficientes para convencer os pares.

Nesse sentido, por meio de um comunicado, a Argentina declarou que: “As medidas legais, institucionais e operacionais mais adequadas serão avaliadas devido à decisão soberana da República Argentina, de modo a não afetar o processo de construção da comunidade do Mercosul” .

Leia mais: https://www.lanacion.com.py/mundo/2020/04/24/argentina-suspende-su-participacion-en-mercosur-por-desacuerdos/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *