Sem categoria

Paraguai mantém aulas presenciais suspensas até dezembro

O anúncio foi feita na manhã desta segunda-feira, no Palácio do Governo. (Foto: IP)

O presidente da República do Paraguai, Mario Abdo Benítez, comunicou nesta segunda-feira (27) que as aulas presenciais não serão retomadas nas instituições de ensino do país, até dezembro. A medida faz parte da estratégia para impedir a disseminação do coronavírus.

Acompanhado pelos ministros de Saúde Pública e da Educação, o Presidente da República relatou o adiamento das aulas presenciais até dezembro para estudantes das escolas e faculdades do país, e a continuidade das estratégias de educação a distância para o desenvolvimento de conteúdo educacional.

Ele ressaltou que a comunidade educacional move um grande número de pessoas e, portanto, pode ser um fator de disseminação do vírus para os setores mais vulneráveis, que podem ser os pais ou os avós dos alunos.

Por sua vez, o ministro da Saúde Pública, Julio Mazzoleni, indicou que, do ponto de vista epidemiológico, um fato importante para tomar essa decisão é que o Paraguai está entrando no inverno, onde normalmente a circulação dos vírus respiratórios é maior e aumenta os riscos de disseminação do Covid-19.

O ministro também reforçou que, apesar de ser um grupo teoricamente menos vulnerável, as crianças ainda podem ser infectadas, disse ele.

Leia mais: https://www.ip.gov.py/ip/gobierno-comunica-que-clases-presenciales-no-se-retomaran-hasta-diciembre/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *