Sem categoria

Ministro de Infraestrutura posta nas redes sociais avanço da segunda ponte entre Brasil e Paraguai

(Foto: Alexandre Marchetti/Itaipu)

Tarcísio Gomes de Freitas acompanha a evolução da obra. Pelo cronograma, estará pronta em dois anos.

Uma semana antes de completar um ano da assinatura da ordem de serviço no Marco das Três Fronteiras, em Foz do Iguaçu, para construção da Ponte Internacional da Integração, o ministro de Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, postou nas redes sociais, neste domingo (3), o acompanhamento da obra – que efetivamente teve início em agosto de 2019.

Na postagem feita no Twitter, o ministro diz que “a segunda nova ponte Brasil-Paraguai, em Foz do Iguaçu, avança bem. Construção do pilar com serviço ininterrupto: 24 horas ao dia até atingirmos os 60 metros de altura. Ponte terá o maior vão livre estaiado do Brasil”.

Cronograma em dia

A nova ponte é feita em parceria com a usina de Itaipu, que financia a obra, o Departamento de Infraestrutura e Transporte (Dnit) e o governo do Estado, responsável pela gestão administrativa.

De acordo com o cronograma, a Ponte da Integração estará pronta em até dois anos (2022). Os custos somam mais de R$ 323 milhões; já a Perimetral Leste, que ligará a nova ponte à BR-277, tem investimentos de mais R$ 140 milhões.

A ideia é que todo o movimento de veículos pesados passe para a nova ponte. Hoje, as fronteiras estão fechadas por causa do novo coronavírus.

Com informações da Assessoria de Comunicação da Itaipu Binacional

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.