Sem categoria

Polícia tenta identificar responsáveis por festas realizadas em Florianópolis durante pandemia

Donos das residências onde ocorreram festas particulares podem ser punidos criminalmente. CRM apura participação de médicos. Eventos estão proibidos em SC por causa do coronavírus.

As Polícias Militar e Civil, em conjunto com a Vigilância Sanitária de Florianópolis estão tentando identificar os proprietários de casas onde foram realizadas festas no fim de semana.

Os responsáveis podem responder criminalmente e ainda pagar multa por descumprir decreto estadual e também municipal que proíbe eventos e também festas particulares por tempo indeterminado para evitar a propagação do coronavírus.

O Conselho Regional de Medicina (CRM) inclusive está apurando a possível participação de médicos nesses eventos e vai “tomar providências”.

As denúncias são de que em pelo menos três bairros ocorreram festas particulares no fim de semana: Jurerê Internacional, Lagoa da Conceição e Cacupé.

A suspeita é que festas e encontros com música alta tenham sido realizados também em outros locais, como nos Ingleses, no Norte da Ilha. A Polícia Militar recebeu entre quinta-feira (30) e domingo (3) ao menos 22 denúncias de pertubação de sossego por festas particulares irregulares. A multa aplicada pela Vigilância Sanitária na capital pode ser de até R$2,5 mil.

Estabelecimentos fechados

Mais de 2,1 mil estabelecimentos foram notificados em Santa Catarina por desrespeitarem as normais de distanciamento social, além de não haver uso de máscara entre os frequentadores do local. Desses, 165 locais foram fechados.

A Câmara de Diligentes Logistas de Balneário Camboriú, onde bares foram fechados no último fim de semana, reforça o apelo para que os estabelecimentos cumpram as regras, não abram exceção e forneçam máscaras, caso necessário, para quem chegar ao local sem.

Em Santa Catarina o uso de máscaras é obrigatório em qualquer local, em algumas cidades é obrigatório também na rua. Além disso, mesmo usando o item, é necessário manter distanciamento social e procurar ficar em casa.

Leia mais: https://g1.globo.com/sc/santa-catarina/noticia/2020/05/05/policia-tenta-identificar-responsaveis-por-festas-realizadas-em-florianopolis-durante-pandemia.ghtml

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *