Sem categoria

A decomposição orgânica teria causado a morte de peixes no rio Montelindo, no chaco paraguaio

(Foto: Reprodução/Twitter)

O Ministério do Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (Mades) informou que a mortalidade de peixes registrada no rio Montelindo, que deságua no rio Paraguai, no Chaco, possivelmente se deve à decomposição orgânica.

Amostras foram coletadas e o resultado das análises deverá ser divulgado em 10 dias. “Vimos que a água estava alterada. Isso ocorre porque as folhas apodrecem dentro do canal que está quase fechado pela vegetação aquática”, informou o diretor de fiscalização do Mades, Julio Mareco.

Ele descartou que material químico tenha sido derramado na água, porque “a área é notadamente agrícola, cercada por fazendas”, afirmou.

Mareco também disse que uma situação semelhante foi registrada no rio Siete Punta, um pouco mais ao norte do rio Montelindo e considerou a baixa vazão de água, em função da estiagem, e o acúmulo de peixes.

Leia mais: https://www.ultimahora.com/descomposicion-organica-habria-causado-muerte-peces-rio-montelindo-n2883831.html

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *