Sem categoria

Marinha paraguaia reforça segurança e concentra ações na fronteira com o Brasil

As patrulhas contam com apoio de mais 50 homens, 6 barcos e 2 aeronaves. Apenas o transporte de cargas é permitido.

Diante do panorama crítico com o número de casos confirmados no Brasil, o presidente do Paraguai, Mario Abdo, ordenou o reforço na vigilância da fronteira do país.  

O Comando do Exército está concentrando o controle em três departamentos: Alto Paraná, Canindeyú e Amambay, considerados áreas sensíveis.  

Em termos gerais, a Marinha recebeu um reforço de 50 militares, 6 embarcações, um helicóptero e um avião para monitorar os pontos críticos da fronteira.

O comandante da Marinha, almirante Carlos Velázquez, explicou que eles estão concentrando esforços nos três departamentos para  impedir que as pessoas cruzem a fronteira, seja pela Ponte da Amizade ou pelo leito do rio Paraná, por exemplo.

Patrulhas aéreas também são realizadas. A entrada de estrangeiros no território paraguaio está proibida desde que a quarentena total foi declarada.  

Além disso, o controle sanitário na entrada de caminhões com mercadorias foi intensificado no país vizinho.

Leia mais: https://www.ultimahora.com/armada-refuerza-cierre-frontera-y-focaliza-accion-el-brasil-n2883782.html

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *