Sem categoria

Para o Paraguai, abertura da fronteira representa um risco devido à velocidade de propagação da Covid-19 no Brasil

(Foto: Presidência)

O ministro da Saúde, Julio Mazzoleni, afirmou que o fechamento das fronteiras é uma situação muito difícil; no entanto, a taxa de disseminação do coronavírus no Brasil representa um risco muito grande em caso de eventual reabertura.

O Ministro da Saúde se reuniu nesta terça-feira (5) com autoridades e representantes do setor empresarial do Alto Paraná, que apresentaram propostas para a abertura da Ponte da Amizade e a retomada das atividades comerciais.

Mazzoleni indicou que as propostas serão analisadas, no entanto, a situação se torna difícil, uma vez que “a situação do outro lado da ponte não é a mesma deste lado”, referindo-se ao Brasil, que na terça-feira alcançou 110.000 casos positivos e 7.485 mortes por coronavírus.

Por outro lado, o ministro também recebeu um pedido dos shopping centers para a retomada das atividades seguindo o protocolo sanitário, uma vez que shoppings e outros centros comerciais estão habilitados para operar na Fase 3, a partir de 15 de junho, conforme cronograma.

As propostas serão analisadas pelo Ministério da Saúde, embora Mazzoleni tenha enfatizado a necessidade de respeitar as medidas e a parcela de responsabilidade de cada cidadão, para que o projeto de “quarentena inteligente”, que prevê a reabertura gradual das atividades comerciais, funcione.

Participaram da reunião os Ministros do Interior, Euclides Acevedo, e da Indústria e Comércio (MIC), Liz Cramer, juntamente com o Governador Roberto Gonzalez e prefeitos do Alto Paraná, além de representantes do setor empresarial e da sociedade civil.

Com relação ao acesso a créditos para micro, pequenas e médias empresas (MPME), a Ministra Cramer indicou que trabalhará em conjunto com o setor para criar medidas com o objetivo de reduzir riscos e encontrar os melhores alternativas para garantir os créditos disponibilizados pelo governo ao setor financeiro.

Leia mais: https://www.ip.gov.py/ip/apertura-de-frontera-en-el-este-representa-un-riesgo-con-velocidad-de-propagacion-en-brasil/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *