Sem categoria

Coronavírus: Paraná não vai seguir novas diretrizes sobre serviços essenciais

(Foto: Pixabay)

O anúncio do governo foi feito nesta terça-feira (12), após o decreto do presidente Jair Bolsonaro que incluiu atividades de salões de beleza, barbearias e academias de esportes na lista de “serviços essenciais”.

Depois do decreto do presidente Jair Bolsonaro incluir atividades de salões de beleza, barbearias e academias de esportes na lista de “serviços essenciais”, o Governo do Paraná, informou, nesta terça-feira (12), que não vai seguir novas diretrizes sobre serviços essenciais durante a pandemia.

Em nota, a administração estadual disse que a curva de contaminação do novo coronavírus segue crescendo e que os especialistas vão avaliar a reabertura de atividades econômicas após ampliação de testes na população.

O decreto do governo federal foi publicado em uma edição extra do “Diário Oficial da União” no fim da tarde de segunda (11). Com essa inclusão, o número de atividades consideradas essenciais chegou a 57.

Ainda que o governo federal estabeleça quais atividades podem continuar em meio à pandemia, o Supremo Tribunal Federal (STF) já decidiu que cabe aos estados e municípios o poder de estabelecer políticas de saúde – inclusive questões de quarentena e a classificação dos serviços essenciais.

Leia mais: https://g1.globo.com/pr/parana/noticia/2020/05/12/coronavirus-governo-do-parana-nao-vai-seguir-novas-diretrizes-sobre-servicos-essenciais-durante-pandemia.ghtml

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.