Sem categoria

Febre amarela: Boletim mostra 287 ocorrências de morte de macacos no Paraná

(Imagem: AEN)

A Secretaria da Saúde do Paraná divulgou nesta quarta-feira (13) o boletim quinzenal da febre amarela e, além dos dados de monitoramento, destaca a importância da vacinação contra a doença.

O secretário Beto Preto lembra que ainda persiste o período sazonal da doença e há presença do vírus circulando no Estado. “Felizmente, ainda não registramos casos em humanos neste período epidemiológico, mas prevalece a indicação da vacina como forma de prevenção”, disse. 

Os dados do boletim mostram que o vírus da febre amarela mantém circulação nas áreas de matas e zona rural, situação confirmada por mortes de macacos (epizootias) registradas: são 287 ocorrências neste informe, 27 a mais que o anterior.

São 43 municípios com circulação viral confirmados pelo informe. Das 22 Regionais de Saúde do Estado, 21 apresentam notificações para epizootias. No total são 880 registros neste período, distribuídos em 87 municípios.

Vacina – De janeiro até agora foram aplicadas cerca de 270 mil doses da vacina no Paraná. A vacina da febre amarela está disponível em todo o Estado e, neste momento de pandemia do coronavírus, a Secretaria da Saúde recomenda às secretarias municipais que promovam a imunização em locais amplos e arejados e que realizem parcerias com empresas e instituições para esta atividade.

Leia mais: http://www.aen.pr.gov.br/modules/noticias/article.php?storyid=106971&tit=Saude-reforca-importancia-da-vacinacao-contra-a-febre-amarela

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.