Sem categoria

Paraguai não sabe como abrigar 25.000 pessoas que querem voltar para o país

O ministro do Interior, Euclides Acevedo afirmou que o governo está trabalhando em um plano para o retorno inicial de 1.900 estudantes, mas admitiu que há problemas de logística e estigmatização.

Uma das questões abordadas nesta terça-feira (12) entre os líderes do Poder Executivo e parlamentares paraguaios, foi a situação dos compatriotas que estão no exterior e querem retornar ao país.

O ministro do Interior, Euclides Acevedo, disse à Monumental FM que há um total de 25.000 paraguaios com a intenção de retornar, mas há  problemas com logística e estigmatização.

A senadora Esperanza Martínez questionou a estigmatização dos doentes e exigiu vôos humanitários. Acevedo respondeu que “os paraguaios tem o hábito de estigmatizar quem vem de fora”.

Ele disse que conversou com vários cônsules sobre o retorno dos paraguaios e afirmou que alguns familiares até poderiam arcar com os custos da viagem, mas não em todos os casos.

O Ministro garantiu que, em cooperação internacional, o Executivo está preparando o plano de retorno para estudantes paraguaios que estão no Chile, na Espanha e nos EUA.

Durante o encontro, Acevedo também fez um balanço dos trabalhos do Ministério do Interior.

Leia mais: https://www.ultimahora.com/el-ejecutivo-no-sabe-como-albergar-25-mil-paraguayos-que-quieren-volver-n2884975.html

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *