Sem categoria

Depois de viajar mais de 2 mil quilômetros, elefanta Mara já está na nova casa, no Brasil

(Foto: Reprodução/Facebook)

No último sábado ela deixou o ex-zoológico de Buenos Aires onde viveu por 25 anos e na quarta-feira (13), finalmente chegou ao Santuário dos Elefantes, em Mato Grosso, onde passará o restante da vida.

Nesta quarta-feira (13), a elefanta que viveu 50 anos em cativeiro no zoológico de Buenos Aires chegou ao Santuário Brasileiro de Elefantes, na Chapada dos Guimarães, em Mato Grosso.

Mara demorou um pouco para sair do container em que viajou, mas pouco depois entrou no setor de adaptação e começou a se soltar e a brincar com a terra. A chegada foi transmitida ao vivo pelas redes sociais do Santuário Global para Elefantes, associação que resgata elefantes em cativeiro.  

O local é cercado por floresta, possui 28 hectares e abriga outros três elefantes asiáticos.

“Estamos realmente muito felizes e animados por ter acompanhado Mara e porque tudo ocorreu como planejado”, disse Federico Iglesias, subsecretário responsável pelo Ecopark de Buenos Aires, que acompanhou a viagem junto com o veterinário e um dos cuidadores do elefante.

Embora, neste caso, não seja necessário um processo de quarentena, uma vez que foi concluído com sucesso no Ecopark de Buenos Aires, será necessário um período de adaptação que vai depender da evolução de Mara durante o processo.

Mara foi o único elefante asiático do Ecopark de Buenos Aires. Ela compartilhou o recinto onde vivia com duas elefantas africanas, Kuky e Pupy (irmãs nascidas no Kruger Park na África do Sul) que também serão transferidos para o mesmo local quando o santuário brasileiro habilitar o setor para elefantes africanos.

As próximas a fazer a viagem serão as elefantas Pocha e Guillermina, mãe e filha, que vivem no antigo zoológico de Mendoza.

Mara tem entre 50 e 54 anos (a expectativa de vida em cativeiro para esta espécie é de 75 anos). Ela chegou ao antigo zoológico de Buenos Aires em 16 de outubro de 1995, como resultado de um confisco judicial devido à falência do Circo Rodas. Agora ela foi transferida para ter uma melhor qualidade de vida.

Leia mais: https://www.facebook.com/santuariodeelefantes

Leia mais: https://www.infobae.com/sociedad/2020/05/14/la-elefanta-mara-llego-al-santuario-de-brasil-despues-de-4-dias-de-viaje-y-en-medio-de-la-pandemia/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *