Sem categoria

Prefeitura de Foz amplia barreiras sanitárias de controle a Covid-19

A Prefeitura Municipal de Foz do Iguaçu determinou a ampliação das barreiras sanitárias e também a implantação do Termo de Liberação Sanitária para o trânsito de veículos de cargas e passageiros. Ao todo, serão 17 pontos de monitoramento que incluem vias de acesso à cidade, empresas de transporte de passageiros, comércio, atrativos turísticos e meios de hospedagem. 

As medidas fazem parte do novo decreto publicado nesta quarta-feira (20) e integram o quarto ciclo de enfrentamento à Covid-19, que foca especificamente nas ações de vigilância em saúde e monitoramento dos indicadores relacionados ao controle do Coronavírus.

As novas barreiras começam a funcionar a partir do dia 25 de maio de 2020 e devem permanecer em funcionamento enquanto perdurar a situação de emergência pela pandemia. 

(Foto: AMN)

As barreiras

Os novos pontos para implantação das barreiras foram definidos com base na estratégia de monitoramento de locais que devem passar a ser mais movimentados. Entre os locais, estão os meios de hospedagem e também os atrativos turísticos, que estão previstos para reabrir no próximo dia 10 de junho.

Os dois shoppings, transportadoras, empresas de transporte rodoviário de passageiros, comércio com fluxos maiores de 100 pessoas/dia e a Ceasa também estão entre os novos pontos de fiscalização. 

A medida mantêm as barreiras existentes no Aeroporto Internacional de Foz do Iguaçu, Rodoviária, Ponte Tancredo Neves, Ponte Internacional da Amizade, BR-277 e Porto Seco de Foz do Iguaçu. 

A prefeitura também implantou o Termo de Liberação Sanitária para o trânsito de veículos de cargas e passageiros, que será regulamentado em nota técnica da saúde. O documento é obrigatório e será entregue aos trabalhadores e motoristas nas barreiras sanitárias das empresas transportadoras e de viagem ou, para os ingressos, na BR 277. 

Os motoristas que não residem em Foz do Iguaçu e tem como destino da entrega da carga a cidade de Foz do Iguaçu, ficam obrigados a se apresentarem na barreira sanitária da BR 277, quando receberão o Termo de Liberação Sanitária, caso não apresentem sintomas relacionados à Covid-19, sem o qual ficarão impedidos de descarregar a carga transportada no seu destino. 

Leia mais: https://www.amn.foz.br/posts/?dt=prefeitura-amplia-barreiras-sanitarias-e-adota-medidas-mais-rigorosas-de-controle-a-covid-19-UjJXNXMyaXNBaEF0S21wMFFpbW1uZz09

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *