Sem categoria

Polícia de SC reforça monitoramento de redes sociais para evitar festas e aglomerações

O comandante-geral da Polícia Militar de Santa Catarina, Dionei Tonet, afirmou nesta sexta-feira (22) que o setor de inteligência reforçou as ações para fiscalizar possíveis organizações de festas e eventos pelas redes sociais, que descumprem as medidas de isolamento social adotadas pelo Governo de Santa Catarina contra o novo coronavírus.

“Nós já colocamos, desde ontem, os serviços monitorando as mídias sociais, os grupos, que acabam gerando esse tipo de conversa sobre combinados que pretendem fazer”, disse.

Em entrevista ao Bom Dia Santa Catarina, Tonet contou que proprietários de imóveis que contrariam as medidas determinadas na quarentena estão sendo notificados. No fim de semana anterior, 58 festas foram interrompidas no estado.

O comandante-geral da PM informou ainda que atualmente há oito policiais militares de Santa Catarina diagnosticados com coronavírus, que estão afastados de suas funções.

Feriadão em SP

Além do fim de semana, Tonet conta que outra preocupação é em relação ao feriadão em São Paulo, que tem trazido a Santa Catarina turistas e pessoas com imóveis no estado. Cidades do Litoral Norte e da Serra Catarinense adotaram medidas para controlar a entrada dos visitantes.

Apesar de não ser permitida a montagem de barreiras que impeçam o trânsito nas rodovias federais, o comandante-geral afirmou que a polícia acompanha a fiscalização nas entradas das cidades, onde as equipes de saúde fazem triagem e monitoramento sanitário.

Leia mais: https://g1.globo.com/sc/santa-catarina/noticia/2020/05/22/setor-de-inteligencia-da-pm-de-sc-tem-monitorado-organizacao-de-festas-em-redes-sociais-diz-comandante-geral.ghtml

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *