Sem categoria

Apreensões da RF na fronteira vão de celulares escondidos em embalagens para marmita a oxímetros

As apreensões ocorreram entre ontem e hoje, em Foz do Iguaçu.

Na terça-feira (26), durante fiscalizações de rotina em transportadoras, servidores da Alfândega da Receita Federal de Foz do Iguaçu  encontraram 20 celulares escondidos em embalagens de marmita.

(Foto: Receita Federal)

As embalagens foram recortadas exatamente no tamanho das caixas dos eletrônicos, na tentativa de ludibriar tanto os transportadores quanto os agentes de fiscalização. A mercadoria, avaliada em R$ 15 mil, seria levada para São José dos Campos – SP.

Os responsáveis poderão ser acionados pelo Ministério Público.

Oxímetros

Ainda na terça-feira (26), as equipes da Receita Federal em Foz do Iguaçu apreenderam 400 oxímetros importados do Paraguai. Os equipamentos estavam em uma empresa de ônibus e seriam despachados como encomenda para São Paulo.

(Foto: Receita Federal)

O oxímetro mede a quantidade de oxigênio presente no sangue e a demanda pelo produto tem aumentado no Brasil, devido à pandemia.

A empresa remetente será intimada a comprovar a regularidade da importação. Caso contrário os produtos ficam sujeitos à pena de perdimento e poderão ser doados. O valor aproximado da mercadoria é de R$ 65 mil.

Dinheiro vivo

Nesta quarta-feira (27), servidores da Receita Federal e militares do Exército Brasileiro encontraram US$ 200,00 e R$ 30,6 mil em espécie entre os pertences de um brasileiro que retornava para o país. Deste valor, US$ 200,00 e R$ 20,6 mil foram apreendidos, já que equivalem ao que excede o limite em circulação sem declaração estabelecida pela legislação vigente.

(Foto: Receita Federal)

A abordagem ocorreu às 5:00 da madrugada, na pista de entrada ao Brasil, durante fiscalizações de rotina. O viajante foi liberado, mas poderá ser acionado pelo MP.

Com informações da Receita Federal

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *