Sem categoria

Paraguai analisa aplicar isolamento por departamentos e governo insiste em não relaxar as medidas sanitárias

O Presidente do Paraguai, Mario Abdo Benítez. (Foto: IP)

O governo do Paraguai analisa a possibilidade de aplicar a quarentena por departamentos, já que  muitas localidades apresentaram um crescimento nos casos positivos de coronavírus.

O objetivo é evitar que a transmissão de casos se desloque para outros pontos. Por esse motivo, o governo insiste em não relaxar as medidas sanitárias.  

“Voltar às fases anteriores ou não avançando para outras, depende de uma análise territorial. É o novo conceito que o Ministério da Saúde está analisando para os territórios que representam maior ameaça à propagação do vírus”, confirmou o presidente da República, Mario Abdo Benítez, nesta segunda-feira (1).  

O Presidente ele explicou que, se a quarentena territorial for aplicada, uma política de saúde diferente será implementada, dando maior ênfase aos locais onde há mais casos de Covid-19.  

“Precisamos cuidar um do outro, principalmente nos lugares com as maiores multidões. Tomaremos medidas, se necessário, para manter uma propagação relativamente controlada do vírus “, afirmou Abdo.  

O Presidente expressou que o governo estava ciente de que a retomada das empresas e a volta para o trabalho trariam um aumento de casos e, portanto, reiterou que a colaboração dos cidadãos é essencial para evitar o retorno ao ponto inicial.  

O Chefe de Estado destacou que uma das regiões mais vulneráveis é o departamento de Alto Paraná, devido à proximidade com o Brasil, que atualmente está passando por um crescimento exponencial nos casos, o que “representa uma ameaça para o Paraguai”.  

Ele também reconheceu que retornar a quarentena total em alguns departamentos pode causar desconforto devido ao impacto econômico que isso traria, no entanto afirmou que o mais importante é proteger a saúde de todos.

“Assim como podemos retroceder em algumas regiões, podemos avançar em outras. É isso que estamos analisando”, afirmou o Presidente.

Leia mais: https://www.ip.gov.py/ip/paraguay-analiza-aplicar-aislamiento-por-zonas-e-insiste-en-no-relajar-medidas-sanitarias/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *