Sem categoria

Operação Pescador: PF cumpre mandados em Foz e em Minas Gerais

(Foto: Polícia Federal)

A Polícia Federal deflagrou nesta quinta-feira (4), a Operação Pescador, com o objetivo de desarticular organização criminosa voltada para o tráfico internacional de armas e drogas, e associações criminosas que se dedicam a crimes de roubo na região de Foz do Iguaçu/PR. A quadrilha roubava mercadorias preferencialmente na região de Vila Portes, perto da Ponte Internacional da Amizade.

Investigação

A investigação iniciou depois de grande apreensão de maconha feita pela Polícia Federal no Rio Paraná, e durou aproximadamente 11 meses. Nesse período, PF identificou diversos crimes praticados pelo grupo, após apreensões de munição de diversos calibres, armas e de mais de meia tonelada de drogas trazidas do Paraguai para o território brasileiro.

Também foram realizadas diversas prisões em flagrante de suspeitos de cometer assaltos em Foz do Iguaçu.

(Foto: Polícia Federal)

Os integrantes do grupo tem extensas fichas criminais por envolvimento com tráfico de drogas, roubos e até homicídio.

Embora a quadrilha atuasse principalmente na região de Foz do Iguaçu/PR, foram identificados outros integrantes da organização também em Minas Gerais e em Cidade do Leste, no Paraguai.

Mandados

No total foram expedidos, pela Justiça Federal de Foz do Iguaçu, 12 mandados de prisão preventiva, 3 mandados de prisão temporária e 6 mandados de busca e apreensão para serem cumpridos no Paraná e Minas Gerais. A operação contou com a participação de 30 policiais federais.

Dos mandados de prisão, 8 estavam relacionados a pessoas que já estão presas e foram cumpridos no próprio presídio onde cumprem pena. Quanto aos outros 7 mandados, 4 pessoas foram presas e até o começo da tarde desta quinta-feira (4), 3 pessoas ainda estavam sendo procuradas. Uma delas, de nacionalidade paraguaia.

Com base em tudo que foi apurado no Inquérito Policial os investigados serão indiciados e responderão judicialmente pelos crimes de organização criminosa, associação criminosa, roubo majorado, tráfico internacional de armas e drogas, associação para o tráfico e também corrupção de menores.

Com informações da CS/DPF/Foz do Iguaçu

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *