Sem categoria

Caminhoneiros paraguaios denunciam maus-tratos na Argentina

Um grupo de caminhoneiros paraguaios denunciou maus-tratos na Gendarmeria Argentina e pediu a intervenção do Ministério das Relações Exteriores do Paraguai para corrigir esta situação.

Em nota, a empresa Transporte Internacional Guarany SRL informou que os motoristas de caminhões de transporte de carga receberam tratamento degradante e desumano no território argentino. “Os motoristas sujeitos a viagens ininterruptas de até 18 horas são obrigados a permanecer em seus veículos, sem poder sair nem para as necessidades básicas”, diz parte do texto.

O texto menciona também que os motoristas são permanentemente vigiados e monitorados pelas autoridades da Gendarmeria, que afirmam estar realizando os controles sanitários determinados para conter a pandemia de Covid-19.

“Diante dessa situação, a empresa enviou uma nota ao Ministério das Relações Exteriores, na qual solicita a intervenção das autoridades paraguaias para corrigir a situação”, afirma o texto.

A empresa também afirmou que as medidas impostas no território argentino “não se baseiam em nenhum protocolo ou recomendação médico-científica, são punições e não têm relação com o objetivo de impedir a disseminação do Covid-19 “.

Leia mais: https://www.lanacion.com.py/ahora/2020/06/15/camioneros-paraguayos-denuncian-maltrato-en-argentina/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *