Sem categoria

Quatro pessoas são presas após o assassinato de uma juíza, no Paraguai

Além do autor do crime, mais 3 pessoas foram presas na tarde de domingo (28), suspeitas de participação no assassinato da juíza Diana Eveline Mereles Duarte, em Hernandárias, no Paraguai.

As duas mulheres e um adolescente, detidos em uma residência, também aparecem nas imagens do circuito de segurança do Fórum onde aconteceu o crime.

Segurança – Diante do assassinato da juíza, a Federação Latino-Americana de Magistrados (FLAM) emitiu uma declaração condenando o crime e pedindo mais segurança aos magistrados, promotores e assistentes da Justiça.

De acordo com o Hoy, o ministro do Interior, Euclides Acevedo, disse que faltam policiais para fazer a segurança nos Fóruns nos fins de semana. Acevedo afirmou no entanto que a escala dos policiais deverá ser revisada.

Leia mais: http://radioconcierto.com.py/2020/06/28/mas-detenidos-en-torno-al-asesinato-de-jueza/

Leia mais: https://www.laclave.com.py/2020/06/29/piden-mayor-seguridad-para-magistrados-del-paraguay/

Leia mais: https://www.hoy.com.py/nacionales/por-falta-de-personal-policia-no-cubre-juzgado-de-hernandarias-los-fines-de-semana

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *