Sem categoria

Operação Sicário: Ministério Público denuncia em Londrina 46 envolvidos com lavagem de dinheiro de facção criminosa

Quarenta e seis pessoas foram denunciadas por lavagem de dinheiro de facção criminosa pelo Ministério Público do Paraná, por meio do Núcleo de Londrina (Norte-Central do estado) do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco).

Foram apresentadas à 3ª Vara Criminal de Londrina duas denúncias contra o grupo no âmbito da Operação Sicário, deflagrada pelo MPPR e pela Polícia Militar do Paraná para investigar ações, em municípios do Norte paranaense, de organização criminosa com atuação em diversos estados a partir de presídios.

Além da condenação dos réus às penas previstas para lavagem de dinheiro de organização criminosa, o MPPR requer o perdimento de R$ 2.938.735,59 – soma dos valores que transitaram ilegalmente nas contas bancárias dos envolvidos e que teriam sido acumulados em práticas ilícitas, especialmente crimes de roubo, extorsão e tráfico ilícito de entorpecentes.

Esse montante foi movimentado em transações bancárias ilegais, a maioria delas em depósitos fracionados em dinheiro, sem identificação, o que foi constatado a partir de quebra de sigilo bancário autorizado pela Justiça. Em função das provas reunidas, o Juízo da 3ª Vara Criminal de Londrina já havia determinado o bloqueio das contas bancárias dos envolvidos.

Fonte: http://www.mppr.mp.br/2020/07/22740,11/Em-desdobramento-da-Operacao-Sicario-Ministerio-Publico-denuncia-em-Londrina-46-envolvidos-com-lavagem-de-dinheiro-de-faccao-criminosa.html

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *