Sem categoria

Nova nuvem de gafanhotos surge no Paraguai e pode chegar ao Brasil

Uma nova nuvem de gafanhotos surgiu no Paraguai e colocou novamente em alerta as autoridades brasileiras devido ao potencial risco de destruição de plantações.

Os insetos estão no Parque Nacional Defensores del Chaco, em Teniente Pico, a cerca de 300 quilômetros da fronteira do Brasil e da Argentina. Conforme o Serviço Nacional de Qualidade e Sanidade Vegetal e de Sementes do Paraguai (Senave), caso haja condições climáticas ideais, o aglomerado de gafanhotos pode se movimentar para as regiões de Boquerón, na fronteira com Bolívia e Argentina, ou Alto Paraguai, na fronteira entre com Brasil e Bolívia.

Há o risco dos insetos que estão no Paraguai se movimentarem para o sul da Argentina e chegarem ao Brasil pelo Rio Grande do Sul. “Nós temos receio que possa se deslocar para cá”, salienta o chefe da Divisão de Defesa Sanitária Vegetal da Secretaria da Agricultura do RS, Ricardo Felicetti, que observa que a formação dessas nuvens de gafanhotos é comum nessa região do Paraguai.

O Rio Grande do Sul ainda está em alerta em relação a outro aglomerado de 400 milhões de insetos, desta vez na Argentina, que se aproximou do Estado no final de junho. O acumulado estava praticamente parado devido às baixas temperatura e o registro de chuva na região. Entretanto, no último sábado (11), a nuvem de gafanhotos avançou 14 quilômetros em direção à fronteira com o Rio Grande do Sul.

Antes, os insetos estavam a 144 quilômetros de distância de Barra do Quaraí (RS). Agora, estão a 130 quilômetros.

Leia mais: https://economia.uol.com.br/agronegocio/noticias/redacao/2020/07/16/nova-nuvem-de-gafanhotos-surge-no-paraguai-e-pode-chegar-ao-brasil.htm

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *