Sem categoria

56 pessoas são presas depois do protestos em Cidade do Leste

(Foto: Reprodução/Radio Concierto)

A mobilização foi por causa do retrocesso para a “fase 1 da quarentena inteligente” determinada pelo Governo Federal em todo o departamento de Alto Paraná.

A manifestação ocorreu no começo da noite desta quarta-feira (29) na região da Aduana e no microcentro de Cidade do Leste, onde foram registrados saques, vandalismo e muitas cenas de violência.

Entre os 56 detidos há menores de idade. Com eles foram apreendidos pedaços de pau e armas. A polícia também apreendeu 25 celulares e um automóvel, além de tambores usados para fazer barulho, garrafas de bebidas e roupas que foram furtadas.

Os detidos foram encaminhados para a Direção da Polícia de alto Paraná, em Cidade do Leste.

A manifestação

Os incidentes foram registrados depois que uma grande quantidade de pessoas foi às ruas, inicialmente de forma pacífica, para protestar contra o retrocesso na quarentena. Porém, de acordo com o Última Hora, um grupo começou a lançar pedras e a provocar danos nos caminhões que aguardavam para entrar e sair do país e houve confrontos com a Polícia Nacional, o Grupo de Operações Especiais e militares da Marinha.

Uma nova manifestação foi marcada para esta manhã (30).

Cinco pessoas ficaram feridas

(Foto: Reprodução)

Ainda ontem, cinco pessoas foram encaminhadas ao Hospital Regional de Cidade do Leste após a manifestação. Entre eles, dois militares e um caminhoneiro, que já foram liberados.

Um jovem de 16 anos que foi ferido com um tiro continua hospitalizado, de acordo com as informações da promotora Lolia Zunilda Martínez.

Leia mais: http://radioconcierto.com.py/2020/07/30/56-detenidos-tras-movilizacion-entre-ellos-menores-de-edad/

Leia mais: https://www.ultimahora.com/manifestacion-cde-deja-casi-60-detenidos-incidentes-n2897434.html

Leia mais: http://radioconcierto.com.py/2020/07/30/cinco-heridos-luego-de-vandalica-movilizacion/

Um comentário
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *