Sem categoria

Decisão do STF pode encerrar greve dos funcionários dos Correios na sexta

A greve dos funcionários dos Correios pode ser encerrada até sexta-feira (21), caso o STF (supremo Tribunal Federal) suspenda uma liminar que trata da validade do Acordo Coletivo de Trabalho (ACT).

Caso a decisão da Corte seja por prorrogar por mais um ano as cláusulas decididas na negociação do ano passado, os funcionários terão mantidos todos os benefícios existentes.

O fim de auxílios como o que custeia a creche de funcionárias mães ou de ajuda a filhos com problemas de saúde é uma das principais razões da paralisação, que teve adesão de 70% da categoria em todo o país.

Em nota, os Correios informaram que a paralisação atingiu apenas 20% do efetivo e “não afeta os serviços de atendimento da estatal”.

Articulação – De acordo com o secretário da FENTECT (Federação Nacional dos Trabalhdores em Empresas de Correios e Telégrafos e Similares), Emerson Marinho, a área jurídica dos sindicatos está fazendo um trabalho de articulação para tentar sensibilizar a Corte para atender ao pleito da categoria. “Estamos acompanhando o julgamento no STF. A greve pode se estender até o próximo mês ou acabar na sexta-feira dependendo do resultado.

Em ofício enviado ao STF, os sindicatos dos trabalhadores pedem que a liminar seja suspensa e alegam que a vigência do acordo por dois anos é necessária principalmente por conta do cenário atual de pandemia. O documento destaca ainda que a manutenção dos benefícios aos trabalhadores não representou prejuízo aos Correios, que têm registrado lucro nos últimos anos.

Outro lado – A estatal, por sua vez, diz que está respaldada pelas diretrizes do Ministério da Economia, de “zelar pelo reequilíbrio do caixa financeiro da empresa”. “Em parte, isso significa repensar a concessão de benefícios que extrapolem a prática de mercado e a legislação vigente. Assim, a estatal persegue dois grandes objetivos: a sustentabilidade da empresa e a manutenção dos empregos de todos”.

Leia mais: https://economia.uol.com.br/colunas/carla-araujo/2020/08/19/correios-greve-stf-pode-decidir-manter-beneficios-fim-greve-trabalhadores.htm

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *