Sem categoria

Patrimônio: busto de Getúlio Vargas em praça de Foz do Iguaçu está danificado

Este dia 24 de agosto de 2020, marca os 66 anos da morte do presidente Getúlio Vargas, criador do Parque Nacional do Iguaçu por meio do Decreto-Lei nº 1.035 de 10 de janeiro de 1939. (Foto: Mirtis Valério)

Foz do Iguaçu prestou homenagem a Vargas, batizando uma praça central como Praça Getúlio Vargas, onde foi inaugurado um busto em memória ao presidente, em 10 de junho de 1973, na gestão do prefeito Tércio Alves Albuquerque.

A obra é do artista iguaçuense Giovanni Vissotto.

Mas ao passarmos recentemente pela praça, a surpresa! A base do busto está danificada e sem placa de identificação, como demonstra a foto. Sinceramente, temos que lamentar o descaso com esse monumento histórico  para a Terra das Cataratas que reverencia o saudoso Getúlio Vargas.

Vida – Getúlio Vargas foi presidente entre 1934 a 1945 e entre 1951 a 1954. Considerado precursor do populismo foi identificado como defensor das causas sociais e interesses nacionais e recebeu o apelido de “pai dos pobres.”

São da época de Getúlio, a Vale do Rio Doce, a Petrobrás, a Fundação Getúlio Vargas (FGV), o IBGE, CACEX, BNDES, a BR- 116,a  Eletrobrás, voto secreto, ensino primário obrigatório, voto feminino, a criação do Parque Nacional do Iguaçu e as Leis Trabalhistas.

Gaúcho de São Borja, onde também foi enterrado, foi advogado, militar e político. Uma crise política o levou ao suicídio no Palácio do Catete, em 24 de agosto de 1954.

Getúlio deixou uma Carta/testamento pode ser lida AQUI.

Com Mirtis Valério – https://www.revistamosaicos.com.br/busto-getulio-vargas-danificado-na-praca-de-foz/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *