Sem categoria

CCZ reinicia “encoleiramento” para prevenção da leishmaniose

O Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) retomou nesta segunda-feira (24) o encoleiramento de cães para prevenção da Leishmaniose. As coleiras antiparasitárias serão destinadas, inicialmente, para animais nas regiões de Três Lagoas (Novo Mundo) e Morumbi III. (Foto: Pixabay)

Para esta etapa serão mais de 3.300 coleiras distribuídas nas regiões onde o registro da doença entre humanos e em cães foi verificado. O objetivo do projeto é reduzir a transmissão da doença, evitando que novos casos surjam, inclusive entre seres humanos.

Devido à pandemia, a atividade foi adiada nos meses anteriores, porém com adequação necessária no cronograma, e com medidas para garantir a segurança dos servidores e da população envolvida, a ação foi retomada.

O CCZ conta com o apoio da população para manter quintais limpos e livres de matéria orgânica em decomposição – ambiente utilizado para reprodução do mosquito-palha, que é o transmissor da doença. E também lembra que não há método 100% eficaz na prevenção da leishmaniose.

Com informações da AMN.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.