BrasilParaná

Falha de comunicação atrasa pouso de avião em Cascavel

A Cia aérea não teria avisado que tinha um voo extra e não tinha operador de rádio para orientar o pouso da aeronave. (Foto: Transitar/Divulgação)

Uma falha de comunicação entre companhia aérea e a terceirizada atrasou o pouso de voo extra no aeroporto de Cascavel no feriado de sete de setembro.

A Transitar (Autarquia de Mobilidade, Trânsito e Cidadania) informou que o voo extra da GOL, o 9152, desta segunda-feira (7), que partiu de Guarulhos (SP) e deveria ter pousado no Aeroporto Municipal de Cascavel às 18h55, precisou ser direcionado para Curitiba. O pouso atrasou e os 40 passageiros só desembarcaram depois das 21h05 em Cascavel.

O problema teria sido uma falha de comunicação ocorrida entre a companhia aérea e a EPTA (Empresa Prestadora do Tráfego Aéreo), que levou à falta do profissional que faz o controle de tráfego no momento do pouso.

A gestora do Aeroporto, Jocemara Lopes do Amarante, notificou por telefone a Empresa.

Em nota, a MVS Incorporações Ltda, empresa de navegação aérea, informou que a empresa que realiza o serviço de tráfego aéreo no Aeroporto Municipal encaminhou um comunicado oficial na manhã desta terça-feira (8) para a Transitar, confirmando que não havia sido informada pela companhia aérea do voo extra de ontem (7), o que levou à ausência do operador de rádio no momento previsto da aterrissagem.

De acordo com a MVS, tão logo a empresa foi comunicada pela companhia aérea, o profissional foi disponibilizado para prestar o serviço de informação de aeródromo à aeronave.

Os 60 passageiros que aguardavam para embarcar para Guarulhos partiram por volta das 21h40. Inicialmente, o voo estava previsto para as 19h40.

A GOL está operando em Cascavel com três voos semanais para Guarulhos, com chegadas às terças, quintas e sábados às 10h15 e partidas às terças, quintas e domingos às 11 horas. Aos sábados não decola. Pernoita e sai aos domingos. O voo desta segunda-feira (7) era extra devido ao feriado. De acordo com a Transitar, qualquer sanção deverá ser apurada pelo Cindacta.

Com informações da Ascom da Transitar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.