Paraná

Policiais acabam com rinha de galos no sudoeste do Paraná

O proprietário foi multado por crime ambiental e por promover aglomeração de pessoas. (Foto: PMPR)

Na tarde de segunda-feira (7), policiais militares se deslocaram até a comunidade rural de Nova Concórdia, no interior de Francisco Beltrão, para atender verificar uma denúncia de perturbação do sossego, causada pela realização de uma rinha de galos.

Ao chegar ao local, os policiais encontraram 70 pessoas e 30 carros. A maior parte dos participantes fugiu assim que os policiais chegaram.

Cerca de 30 veículos estavam no local. (Foto: PMPR)

No galpão principal da propriedade, onde uma arena e arquibancadas foram montadas, foram encontrados 61 galos em péssimo estado de saúde. Muitos deles estavam machucados. Os policiais também apreenderam aproximadamente 60 gaiolas de madeira, além de 10 gaiolas improvisadas de papelão.

O proprietário foi notificado pela Vigilância Sanitária, por descumprir o decreto municipal de prevenção à Covid-19 que proíbe aglomerações. De acordo com informações prestadas pelo morador, ele vendia ingressos para as rinhas e ainda vendia almoço e bebidas alcoólicas.

A polícia ambiental foi acionada para aplicar as sanções referentes ao crime ambiental constatado (maus tratos a animais).  A arena foi destruída e sete pessoas foram encaminhadas para a delegacia de polícia. O proprietário do local permaneceu como fiel depositário de 51 galos. Os outros foram devolvidos aos donos que se apresentaram no local.

O valor da multa aplicada pela Polícia Ambiental foi de R$ 30.500,00.

Com informações da Polícia Militar de Francisco Beltrão 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *