Paraguai

EPP libera um dos sequestrados no Paraguai

Foi confirmada ontem à noite a libertação de Adelio Mendoza, funcionário do ex-vice-presidente do Paraguai, Oscar Denis. Ambos foram sequestrados na semana passada na região norte do país, por integrantes do grupo criminoso EPP. (Foto: Ministério Público)

A esposa de Adelio informou que ele chegou caminhando até a fazenda “La Tranquerita”, na divisa entre Concepción e Amambay, onde ocorreu o sequestro há 6 dias.

O ministro do Interior, Euclides Acevedo, confirmou que o trabalhador de 21 anos chegou à fazenda a pé. Logo depois, os seguranças do local verificaram o estado de saúde do rapaz. Adélio estava em choque, mas disse que esteve com o ex-vice-presidente antes de ser liberado.

O político continua em cativeiro e a família recebeu como condição a entrega de alimentos no valor de US $ 2 milhões para comunidades vulneráveis, que rejeitaram a entrega como produto de extorsão.

Ontem o governo do Paraguai, que não atendeu a outra exigência do EPP, que queria trocar os reféns por dois presos, passou a usar o silêncio como estratégia.

Com informações da Agência IP

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *