Paraguai

Senad e Ministério Público do Paraguai desmantelam quadrilha que produzia “maconha vip”

Agentes do Ministério Público e da Senad realizaram um total de 12 operações simultâneas na quarta-feira com o objetivo de desmantelar uma rede que se dedicava à produção e à comercialização de “maconha VIP”. (Foto: Senad)

As batidas acontecem nesta quarta-feira (23) em vários pontos de Assunção e Fernando de la Mora, Departamento Central. A operação é chamada Gorilla Glue.

A Promotoria e a Secretaria Nacional Antidrogas (Senad) desmontaram uma rede de produção e venda clandestina de maconha VIP, com alto teor de THC e preços altíssimos. A Senad informou pelo  Twitter que 12 pessoas, com idades entre entre 20 e 32 anos, com conhecimento em agronomia e  bom poder aquisitivo estariam envolvidas no esquema. Onze delas já foram presas na operação.

Segundo o relatório, os jovens investiram milhares de dólares em sementes e equipamentos importados.

Tecnologia – Pelo menos quatro laboratórios clandestinos foram identificados. Os estabelecimentos estavam equipados com sistema de iluminação, ventilação, isolamento e armazenamento.

(Foto: Senad)

O grupo produzia e comercializava maconha com níveis de THC de 20-30%. Com esse teor, a droga é vendida por um preço bem mais alto no mercado negro. A maconha convencional, produzida nas montanhas das áreas de fronteira, tem níveis de THC entre 2 a 8%, por isso tem um custo menor, segundo a Senad.

Com informações da Senad e do Última Hora

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *